Acúmulo de nutrientes e produção de biomassa de plantas de alfafa após correção do solo com silicatos

ANGELICA CRISTINA FERNANDES DEUS, Leonardo Theodoro Bull, Juliano Corulli Corrêa, Roberto Lyra Villas Boas

Resumo


Pesquisas sobre o uso agronômico de corretivos à base de silicatos têm apontado o grande potencial desses insumos, no sentido de promover melhorias químicas do solo. Há poucas informações, porém, sobre as taxas de reatividade de suas frações granulométricas. O objetivo deste estudo foi verificar se a eficiência relativa de reatividade das frações granulométricas, obtidas experimentalmente, poderiam ser consideradas no cálculo do PRNT para prática da calagem, proporcionando adequado desenvolvimento de plantas de alfafa. Utilizaram-se seis tratamentos, que consistiram em duas escórias, aplicadas em duas doses, uma utilizando-se do PRNT medido experimentalmente e, a outra, do PRNT determinado em laboratório; calcário dolomítico e wollastonita, aplicados em uma dose, utilizando-se o PRNT determinado em laboratório. As doses dos corretivos foram calculadas a fim de elevar a saturação por bases a 80 %, considerando o PRNT experimental e de laboratório. Os tratamentos foram aplicados a dois solos: Latossolo Vermelho distrófico e Nitossolo Vermelho eutrófico. Os métodos de determinação de PRNT preconizados para calcários podem ser aplicados para escórias de siderurgia. A aplicação das escórias proporcionou ação corretiva do solo, com consequente maior acúmulo de Ca, P, e Si nas plantas de alfafa, favorecendo sua produção de matéria seca.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.