Fatores de risco e a ocorrência de parasitas e coliformes em hortaliças de uma agroindústria

Francisco Rafael Martins Soto, Jéssica Vilela da Cruz, Laine Rodrigues Lima, Iolanda Cristina Silveira Duarte, Sandro Eugênio Pereira Gazzinelli, Sérgio Santos de Azevedo

Resumo


       

Palavras-chave


boas práticas de produção, produtores, água contaminada, higienização

Referências


Beraldo RM & Farache Filho A (2012) Bacteriological quality of irrigation water from vegetable gardens in the municipalities of Araraquara, Boa Esperança do Sul and Ibitinga, SP. Alimentos e Nutrição Araraquara, 22:345-350.

Carvalho JB, Nascimento ER & Ribeiro VR (2003) Presença de ovos de helmintos em hortaliças fertilizadas com lodo de lagoa de estabilização. Revista Brasileira de Análises Clínicas, 35: 101-103.

Costa CC & Oliveira DS (2011) Identificação dos consumidores de hortaliças da feira livre de Pombal–PB: aspectos socioeconômicos e culturais. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 6 : 56-60.

Costa CC, Araújo EA, Barbosa JWS, Gama KV, Sousa FQ & Santos DP (2011) Extensão universitária na produção de hortaliças da comunidade Várzea Comprida dos Oliveiras em Pombal-PB. Informativo Técnico do Semiárido, 4: 19-22.

Ferreira AP, Horta MAP & Pereira CRA (2013) Qualidade higiênico-sanitária das águas de irrigação de estabelecimentos produtores de hortaliças no município de Teresópolis, RJ. Revista UNIANDRADE, 13: 15-29.

França BR, Bonnas DS & Silva CMO (2013) Qualidade higiênico sanitária de alfaces (Lactuca sativa) comercializadas em feiras livres na cidade de Uberlândia, MG, Brasil. Bioscience Journal, 30: 458-466.

Hoffman WA, Pons JA & Janer JL (1934) The sedimentation-concentration method in Schistosomiasis mansoni. Puerto Rico Journal of Public Health and Tropical Medicine, 9: 281-298.

Jesus C, Scherer A & Fassina FP (2015) Avaliação do processo de higienização de vegetais folhosos em uma unidade de alimentação e nutrição. UNINGÁ, 21: in pres.

Lourenço JO & Katz L(2010) Estudo dos diversos índices de perdas no manuseio e transporte de verduras, legumes e frutas relacionadas à gestão logística. Tekhne e Logos, 2: 1-16.

Machado DC, Maia CM, Carvalho ID, Silva NF, Dantas MC, Porfírio AB & Serafini AB (2006) Microbiological quality of organic vegetables produced in soil treated with different types of manure and mineral fertilizer. Brazilian Journal Microbiology, 37: 538-544.

Martins AGLDA, Nascimento AR, Mouchrek Filho JE, Mendes Filho NE, Souza AG, Aragão NE & Silva DSVD (2010) Antibacterial activity of essential basil oil against serogroups of enteropathogenic Escherichia coli isolated from lettuce. Ciência Rural, 40: 1791-1796.

Mattos LM, Moretti CL, Moura MA, Maldonade IR & Silva EYY (2009) Produção segura e rastreabilidade de hortaliças. Horticultura Brasileira, 27: 408-413.

Nascimento ED & Alencar FLS (2014) Eficiência antimicrobiana e antiparasitária de desinfetantes na higienização de hortaliças na cidade de Natal-RN. Ciência e Natura, 36: 92-106.

Oliveira AAB & Perez LF (2014) Contaminação de enteroparasitas em folhas de alface. Revista Eletrônica Novo Enfoque, 18: 109-124.

Oliveira RM, Begotti IL, Rosa G, Vieira GFP, Merlini LS & Messa V (2014) Avaliação parasitológica de alfaces (Lactuca sativa) comercializadas no município de Umuarama, Paraná, Brasil. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, 8: 1-12.

OMS (1991) - Organização Mundial de Saúde. Pranchas para diagnóstico de parasitas intestinais.

Santos YO, Almeida RCC, Guimarães AG & Almeida PF (2010) Hygienic sanitary quality of vegetables and evaluation of treatments for the elimination of indigenous E. coli and E. coli O157:H7 from the surface of leaves of lettuce (Lactuca sativa L.). Revista Ciência e Tecnologia de Alimentos, 30: 1083-1098.

Silva PIAP, Carvalho JS, Moura CLF, Dominguez GF, Carvalho MRB, Orge MD & Vale VLC (2011) Condições sanitárias e ambientais das águas de irrigação de hortas e de Lactuca sativa (alface) nas cidades de Catu e Alagoinhas–Bahia, Brasil. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 9: 194-199.

Silva LP, Santos SV, Ludwig KM, Montenote MC & Silva RMG (2014) Avaliação parasitológica em amostras de alfaces (Lactuca sativa var. crispa) comercializadas no Município de Quatá, São Paulo, Brasil. Bioscience Journal, 30: 1252-1258.

Silva N, Junqueira VCA & Silveira NFA (2007) Manual de métodos de análises microbiológicas de alimentos, 3 ed. Livraria Varela, 119-129.

Teixeira LJQ, Kluge JMDAT, Silva NM & Reis FP (2015) Hábitos de consumo de frutas entre estudantes da Universidade Federal de Viçosa. Ceres, 5, (307), in press.

Vanderzant C & Splittstoesser DF (1992) Compendium of methods for microbiological examination for foods. 3 ed. Washington: American Public Health Association, 325-367.

Zar JH (1999) Biostatistical analysis. 4th ed. Upper Saddle River: Prentice Hall.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.