Regressão isotônica para estudos de curvas de crescimento de bovinos Guzerá

Adriano Rodrigues, Lucas Monteiro Chaves, Fabyano Fonseca Silva, Idalmo Pereira Garcia, Darlene Ana Souza Duarte, Henrique Torres Ventura

Resumo


Objetivou-se aplicar a transformação de dados via regressão isotônica em estudos de crescimento de animais da raça Guzerá cujos dados apresentam distúrbios caracterizados por decréscimos de pesos em determinadas faixas de idades. Foram tomadas observações de peso-idade de machos da raça Guzerá recém-desmamados obedecendo à metodologia das provas de ganho de peso (PGP) definidas pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ). Os modelos Logístico, Von Bertalanffy e Gompertz foram ajustados aos dados de peso-idade por meio do método dos quadrados mínimos ordinários generalizados para modelos de regressão não linear via algoritmo de Gauss-Newton. A transformação proposta por meio da teoria de regressão isotônica mostrou-se eficiente, e o modelo Logístico foi o mais adequado para descrever o crescimento dos animais por apresentar alta porcentagem de convergência (100%) e qualidade de ajuste satisfatória, medida por meio do quadrado médio do erro (QME) e do coeficiente de determinação (R2).


Palavras-chave


transformação de dados, isotonização, modelos não lineares

Referências


Barlow RE, Bartholomew DJ, Bremner JM & Brunk HD (1972) Statistical inference under order restrictions: the theory and application of isotonic regression. London, J. Wiley. 388 p.

Gunn LH & Dunson DB (2005) A transformation approach for incorporating monotone or unimodal constraints. Biostatistics, 3(6):434-449.

Mendes PN, Muniz JA, Silva FF, Mazzini ARA & Silva NAM (2009) Análise da curva de crescimento difásica de fêmeas Hereford por meio da função não-linear de Gompertz. Ciência Animal Brasileira, 10(2):454-461.

R development core team (2015) R: a language and environment for statistical computing. Viena, R Foundation for Statistical Computing. Disponível em: . Acesso em: 25 jun. 2010.

Ramsay JO (1998) Estimating smooth monotone functions. Royal Statistical Society, 2(60):365-375.

Rodrigues A, Chaves LM, Silva FF & Zeviani WM (2010) Utilização da Regressão Isotônica em Estudos de Curvas de Crescimento. Revista Brasileira de Biometria, 28:85-101.

Silveira FG, Silva FF, Carneiro PLS, Malhado CHM & Muniz, JA (2011) Análise de agrupamento na seleção de modelos de regressão não-lineares para curvas de crescimento de ovinos cruzados. Ciência Rural, 41:692-698.

Perotto D, Castanho MJPC, Rocha JL, Pinto JM (1997) Descrição das Curvas de Crescimento de Fêmeas Bovinas Guzerá, Gir, Holandês x Guzerá e Holandês x Gir. Revista Brasileira de Zootecnia, 2(26):283-288.

Tedeschi LO, Boin C, Nardon RF & Leme PR (2000) Estudo da curva de crescimento de animais da raça Guzerá e seus cruzamentos alimentados a pasto, com e sem suplementação: avaliação dos parâmetros da curva de crescimento. Revista Brasileira de Zootecnia,5(29):1578-1587.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.