Crescimento, teores relativos de clorofila e concentrações de solutos inorgânicos em girassóis suplementados com resíduo orgânico de macroalgas marinhas

Paulo Ovídio Batista de Brito, kAIO Martins, Rifandreo Monteiro Barbosa, Julyanne Fonteles de Arruda, Pedro Bastos de Macedo Carneiro, Franklin Aragão Gondim

Resumo


Um dos efeitos da dinâmica das marés é o acúmulo de grandes volumes de macroalgas durante a maré baixa, denominadas de “algas arribadas”. O trabalho objetivou analisar os efeitos da utilização do Resíduo Orgânico de Algas Arribadas (ROAA), coletadas na Praia do Pacheco em Caucaia-CE sobre o crescimento inicial de plantas de girassol avaliando-se: o crescimento das plantas, os teores relativos de clorofila e teores de solutos inorgânicos (Na+, K+, Cl- e NO3-). O trabalho foi conduzido em casa de vegetação. As sementes de girassol foram semeadas em baldes de plástico com capacidade para cinco litros, contendo: 1) 100% (em volume) de Areia; 2) Areia + 100% da Recomendação de Nitrogênio - RN em fertilizante comercial (seguindo-se recomendação da cultura de 80kg de N.ha-1); 3) Areia + 50% da RN em macroalgas; 4) Areia + 100% da RN em macroalgas; e 5) Areia + 150% da RN em macroalgas. A utilização de ROAA ocasionou melhoria nas variáveis de crescimento analisadas em relação às plantas crescendo em substrato com areia ou areia + fertilizante. Os melhores resultados foram observados a 50% da RN em ROAA. A adição de concentrações crescentes de ROAA possibilitou maior acúmulo de íons benéficos como K+ e NO3-enquanto que não foram observadas diferenças significativas para íons tóxicos como Na+ e Cl- em relação às plantas suplementadas com fertilizante ou areia. A utilização de ROAA nos substratos pode ser uma alternativa aos fertilizantes no cultivo de plantas, reduzindo custos de produção, além de ser uma destinação sustentável.

Palavras-chave


Helianthus annuus L, algas Arribadas, resíduo Orgânico

Referências


Adamski JM, Peters JA, Danieloski R, & Bacarin MA. (2011). Excess iron-induced changes in the photosynthetic characteristics of sweet potato. Journal of plant physiology, 168: 2056-2062.

Araújo TVO, Lima AD, Marinho AB, de Lima Duarte JM, de Azevedo BM, & Costa SC (2012) Lâminas de irrigação e coberturas do solo na cultura do girassol, sob condições semiáridas. Irriga, 17: 126.

Bredemeier C & Mundstock CM (2000) Regulação da absorção e assimilação do nitrogênio nas plantas. Ciência Rural, 30: 365-372.

Freire JO (2016) Cultivo do girassol irrigado sob diferentes lâminas de água e doses de nitrogênio. Tese de Doutorado. Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró. 41p.

Grangeiro LC, De Freitas FC, Negreiros MZD, de TP Marrocos S, De Lucena RR, & Oliveira RAD (2011) Crescimento e acúmulo de nutrientes em coentro e rúcula. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 6: 11-16.

Kano C, Cardoso AII, & Villas Boas RL (2010) Influência de doses de potássio nos teores de macronutrientes em plantas e sementes de alface. Horticultura Brasileira, 28: 287-291.

Kumar G & Sahoo D (2011) Effect of seaweed liquid extract on growth and yield of Triticum aestivum var. Pusa Gold. Journal of applied phycology, 23: 251-255.

Laurett L, Fernandes AA, Schmildt ER, Almeida CP, & Pinto MLPB (2017) Desempenho da alface e da rúcula em diferentes concentrações de ferro na solução nutritiva. Revista de Ciências Agrárias/Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, 60: 45-52.

Machado LP, da Silva Bispo WM, Matsumoto ST, Reis, FO, dos Santos RB, & de Oliveira Jr LFG (2011) Triagem de macroalgas com potencial antifúngico no controle in vitro da antracnose do mamoeiro (Carica papaya L.). Current Agricultural Science and Technology, 17: 463-467.

Matysiak K, Kaczmarek S, & Krawczyk R (2011) Influence of seaweed extracts and mixture of humic and fluvic acids on germination and growth of Zea mays L. Acta Scientiarum Polonorum. Agricultura, 10: 33-45.

Nova LLMV, da Silva Costa MM, da Costa JG, da Silva Amorim EC, & Guedes ÉAC (2014) Utilização De “Algas Arribadas” Como Alternativa Para Adubação Orgânica Em Cultivo De Moringa (Moringa oleifera Lam.). Revista Ouricuri, 4: 68-81.

Rayorath P, Jithesh MN, Farid A, Khan W, Palanisamy R, Hankins SD & Prithiviraj B. (2008). Rapid bioassays to evaluate the plant growth promoting activity of Ascophyllum nodosum (L.) Le Jol. using a model plant, Arabidopsis thaliana (L.) Heynh. Journal of Applied Phycology, 20: 423-429.

Sahrawat KL (2005) Iron toxicity in wetland rice and the role of other nutrients. Journal of Plant Nutrition, 27: 1471-1504.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.